Posted by: joanaalvesfrancisco | December 6, 2011

Nice to meet you, São Paulo

Finalmente fui a São Paulo!

Nem queria acreditar que à quinta viagem ao Brasil ia ser de vez! Tinha muita vontade de conhecer a capital financeira do país e aproveitei uma entrevista (muito tentadora) para ficar durante 3 dias.

Desafiei a Catarina para me acompanhar, e lá fomos as duas para a NY brasileira. Confesso que foi uma cidade que tive que aprender a gostar ao longo desses 3 dias: no primeiro dia estava completamente desiludida, no segundo dia já gostei mais ou menos, e no último dia já estava satisfeita com o que tinha encontrado.

Tal como já me tinham informado previamente, é uma cidade que nunca dorme e que se destaca pela vida boémia, cosmopolita e urbana (mais do que propriamente pela beleza). A descrição é a que todos nós já sabemos, os que fomos ou os que não fomos: há sempre pessoas na rua, bares e discotecas para sair em qualquer dia da semana, inúmeros shoppings, lojas, grandes avenidas e prédios, parques bem arranjados, um metro que dá a sensação de estarmos numa cidade europeia, tudo isto acompanhado por desigualdades sociais e um ritmo frenético de trânsito constante (há até uma regra que determina que em cada dia da semana não podem sair determinadas matrículas à rua para tentar reduzir o número de veículos).

Chegámos numa segunda-feira, ainda não eram 7h da manhã, depois de passar 6h no autocarro noturno RJ – SP. A minha entrevista era às 10h e decidimos apanhar um autocarro sugerido pelo Google Maps. Senti-me num filme daqueles em que as meninas que vivem no campo chegam à cidade completamente perdidas e pequeninas no meio da multidão. Carros e pessoas por todo o lado, um milhão de autocarros (obviamente, menos aquele que nós precisávamos) e decidimos cometer o erro de perguntar às pessoas a indicação de como poderíamos chegar à minha entrevista.

Apesar de muito simpáticos e prestáveis, os paulistas não conhecem a sua cidade inteira. São quase 19 milhões de habitantes e a zona metropolitana da cidade parece que não termina nunca, o que nos valeu indicações pouco fidedignas e 3h de metro para chegar à minha entrevista. Cheguei à entrevista às 10h em ponto (por milagre) e depois de outras 3h estava finalmente livre para desfrutar a cidade.

No primeiro dia estávamos muito cansadas depois dessas situações todas e enfiámo-nos na cama do Hotel F1 da Av. da Consolação às 23h, prontas para dormir 9h. Nos restantes dias aproveitámos para passear e conhecer muita coisa, ainda que o clima não ajudasse à festa. Fomos ao Parque Ibirapuera, à Av. Paulista, ao bairro da Liberdade, à Rua Augusta, à Rua Óscar Freire (a rua das lojas chic), à Estação da Luz e ao Parque da Pinacoteca.

Exposição de fotografia no Parque da Pinacoteca de SP

Comemos sushi barato e jantámos num excelente restaurante tailandês (Mestiço) perto da Av. Paulista. Fomos a uma “balada” bem animada (mesmo sendo terça-feira, ou não fosse SP) e fartámo-nos de dançar sertanejo.

São Paulo tem uma atmosfera própria, pessoas diferentes e um estilo de vida antagónico ao do Rio (bastante mais próximo do paradigma Europeu). Tudo isso torna-a especial, e depois de bem explorada, um ótimo local para viver, especialmente para quem gosta de estar rodeado de cultura. Mas não esperem conhecer todos os bairros e menos ainda todos os recantos da cidade…


Responses

  1. Joana, adorei a sua descriçao da minha cidade maravilhosa. Só de ler, eu me senti mesmo em casa. Ainda que nao tenha vivido muito tempo alí, todos os anos eu ia de ferias já que grande parte da minha familia vive lá. E é mesmo assim, como voce relatou, para encontrar um sitio é dificil, as ruas nunca acabam, e se voce tem hora pra chegar… tens que madrugar e rezar para nao chegar atrasado e encontrar a tempo o sitio que buscas se for o casa. Ainda assim, tudo tudo em SP tem o seu encanto.
    Te desejo muita sorte nessa tua entrevista!
    Ahhh, e assim que tiverer um tempinho, nao deixe de visitar o Espirito Santo, está mesmo ao lado do Rio, e com certeza voce vai gostar, há muitas opcoes – Guarapari, Vitória, Vila Velha, Itaunas… E se precisar de algo me avisa, que eu estou a disposicao.

    Bjs
    Tiago Pimenta


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: